88 3571-6019


Norma de Desempenho - NBR 15.575




Conhecida como Norma de Desempenho, a ABNT NBR 15575/2013 – Edificações Habitacionais - Desempenho passou a vigorar no dia 19/07/13.

Institui parâmetros técnicos para vários requisitos importantes de uma edificação e tem como características estabelecer as responsabilidades de cada um dos envolvidos: construtores, incorporadores, projetistas, fabricantes de materiais, administradores condominiais e os próprios usuários.

Dividida em 6 partes, estabelecendo parâmetros mínimos, objetivos e quantitativos que podem ser medidos, buscando assim o disciplinamento das relações entre os elos da cadeia econômica (rastreabilidade), a diminuição das incertezas dos critérios subjetivos (perícias), a instrumentação do Código de Defesa do Consumidor, o estímulo à redução da concorrência predatória e um instrumento de diferenciação das empresas.

A NBR 15.575 também tem a função de avaliar o desempenho dos sistemas construtivos. É de um grande avanço para todo o setor da construção civil.

Sua redação foi baseada em modelos internacionais de normatização de desempenho, ou seja, para cada necessidade do usuário e condição de exposição, há a sequência de Requisitos de Desempenho, Critérios de Desempenho e seus Métodos de Avaliação.

NORMA

Se aplica


NORMA

Não
se aplica

A Norma de Desempenho SE APLICA:


. Edifícios habitacionais com qualquer número de pavimentos;

. Edifícios com até cinco pavimentos a norma faz as ressalvas necessárias.

A Norma de Desempenho NÃO SE APLICA:


. Obras já concluídas/construções pré-existentes;

. Obras em andamento na data da entrada em vigor da norma;

. Projetos protocolados nos órgãos competentes até a data da entrada em vigor da norma;

. Obras de reforma ou retrofit;

. Edificações provisórias.

A NORMA DE DESEMPENHO ESTÁ DIVIDIDA EM SEIS PARTES:



01    REQUISITOS GERAIS

02    REQUISITOS PARA OS SISTEMAS ESTRUTURAIS

03    REQUISITOS PARA OS SISTEMAS DE PISOS


04    REQUISITOS PARA OS SISTEMAS DE VEDAÇÕES VERTICAIS INTERNAS E EXTERNAS

O desempenho do sistema de vedação vertical interna em drywall com chapas de gesso é avaliado nos seguintes quesitos:

DESEMPENHO
ESTRUTURAL
SEGURANÇA CONTRA
INCÊNDIO
PERMEABILIDADE
À ÁGUA
ISOLAÇÃO SONORA
 


Cadastre-se para receber os informativos da avaliação de cada quesito


05    REQUISITOS PARA OS SISTEMAS DE COBERTURA

06    REQUISITOS PARA OS SISTEMAS HIDROSSANITÁRIOS

Veja como os produtos da Trevo Drywall são aprovados
e podem melhor atender às exigências mínimas da
Norma de Desempenho NBR 15.575/2013









  PAREDES TREVO DRYWALL EXIGÊNCIA MÍNIMA DA NORMA
Parede 120/70/600 com lã de vidro, com 2ST* fixada de um lado e mais 2ST* fixadas do outro. 52 dB Maior ou igual a 50 dB (NBR 15.575)
Parede 120/70/600 sem lã de vidro, com 2ST* fixada de um lado e mais 2ST* fixadas do outro. 48 dB Maior ou igual a 45 dB (NBR 15.575)
Parede 95/70/400 com lã de vidro, com 1ST* fixada de um lado e mais 1RU** fixadas do outro. 44 a 46 dB A norma não estipula exigência mínima para as paredes internas da unidade habitacional. Sugestões: TREVO DRYWALL 44 a 46 dB
Parede 95/70/400 com lã de vidro, com 1RU** fixada de um lado e mais 1RU** fixadas do outro. 44 a 46 dB Norma não estipula exigência mínima para as paredes internas da unidade habitacional. Sugestões: TREVO DRYWALL 44 a 46 dB
Parede 120/70/600 sem lã de vidro, com 2ST* fixada de um lado e mais 2ST* fixadas do outro. 48 dB Maior ou igual a 35 dB (NBR 15.575). NBR 15.758 (drywall) exige chapeamento duplo para paredes entre unidades e áreas comuns
Parede 95/70/600 com lã de vidro, com 1ST* fixada de um lado e mais 1ST* fixadas do outro. 44 a 46 dB Norma não estipula exigência mínima para as paredes internas da unidade habitacional. Sugestões: TREVO DRYWALL 44 a 46 dB


* (ST) Chapa Standard Trevo Drywall    -    ** (RU) Chapa Resistente à Umidade Trevo Drywall
 






As paredes Trevo Drywall podem ser customizadas de acordo com as necessidades do cliente. Caso deseje maior isolamento acústico, é possível adicionar lã de vidro às paredes – ou, então, mais uma chapa de drywall.





Para resistências mecânicas superiores, pode-se usar a chapa OSB anterior ao drywall, ou o chapeamento duplo do mesmo. Dessa forma, há também um ganho em termos de isolação termoacústica.

CADASTRE-SE para receber os informativos sobre a Norma de Desempenho NBR 15.575





    


Receba Informativos Drywall
Rua Josias Inojosa de Oliveira, 5000 - Distrito Industrial do Cariri - Juazeiro do Norte - CE - CEP 63045-010
       
Copyright Trevo Brasil - Todos os direitos reservados By